Matérias Especiais 68 / 68 vídeos

Tamagotchi: o bichinho virtual dos anos 90 [Especial Dia das Crianças]

06:01 | 12 de Outubro de 2017

Este é o bichinho virtual original de 1996, também conhecido como Rakuraku Dinokun e Dinkie Dino - o famoso "Tamagotchi". Existiram versões oficiais do bichinho virtual que vieram nos anos seguintes, porém esta primeira aqui foi sucesso esmagador no mundo, inclusive no Brasil. Em nosso país esse modelo foi visto pelas ruas por muito tempo, com adultos e crianças.

Ele não era muito caro, basta levar em conta onde ele era vendido e quantidade de pessoas da década de 90 que tiveram acesso a ele ou às versões paralelas. O problema mesmo era conseguir novas baterias para ele; essas sim tinham um preço desproporcional na época e não vendiam em qualquer lugar, além de acabarem a cada um ou dois meses de brincadeira.

Tudo bem, mas e como é o jogo? O que oferece esse rudimentar micro console? Bem pouco. A tela fica sempre ligada, mas os gráficos são muito simples parecendo GIFs animados; você tem ações de alimentar, educar, dar banho e brincar com ele navegando pelas setas laterais.

Apesar de rodar a praticamente 1FPS a maioria do tempo e com gráficos de calculadora, o bichinho era uma das coisas mais tecnológicas que se podia ter na época, e ao cuidar dele pode-se notar a evolução física dele, dependendo de como você alimenta, do quanto brinca e se ele está bem cuidado ou não. E se você largar ele de canto sem cuidados por muito tempo, ele morre.

Pode parecer bobo hoje em dia, mas nos anos 90 não era comum ter uma tela com você, apitando pedindo comida e banho e refletindo seus cuidados ali. Isso foi suficiente para criar uma imersão imensa em muitas crianças, provando que não são gráficos que prendem, mas sim a situação proposta. E se deixar ele sozinho em casa, ele morre.

O bichinho virtual nos traz um sentimento de nostalgia bem grande, mas vale lembrar que no mês de novembro ele volta às lojas norte-americanas em sua versão original!